Pequena história da revista La Karavelo

É uma revista escrita em esperanto, fundada pelo professor, escritor e editor português João José Santos, em Portugal, em 7 de Outubro de 2007.

A 1.ª série da revista foi editada entre 2007 e 2012, no total 27 números. No princípio, era estritamente literária, mas após alguns números tornou-se uma revista de assuntos culturais.

Em 2017 iniciou-se a 2.ª série, e a revista tornou-se espírita, com alguma abertura a outros temas. Aparece pelo menos quatro vezes por ano, e pode ser lida gratuitamente baixando o ficheiro pdf, não imprimível, desta página.

No fim de cada ano edita-se toda a colecção anual em livro.

Todos os colaboradores de La Karavelo colaboram gratuitamente, porque esta editora não gera lucros comerciais.

O fundador de La Karavelo

João José Santos é português,
nascido em Lisboa, onde reside,
em 15 de Maio de 1958.

Licenciou-se em Línguas e Litera-
turas Clássicas (latim, grego antigo
e português) na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde também se profissionalizou como professor nas mesmas áreas.

Filólogo e professor de português, latim e grego; também de esperanto. Começou a ocupar-se da escrita com mais frequência a partir de 2007. Entre outros assuntos, ensina, escreve e divulga a língua internacional esperanto. Fundou, dirige e redige esta revista.

Além das obras que escreveu e editou em La Karavelo, tem artigos noutras revistas e participou noutros livros.



Características e regras de La Karavelo

1. Identidade e características gerais
La Karavelo (LK) é uma revista internacional em esperanto, que se dedica à cultura e mais especificamente ao espiritismo. LK também edita livros. Desenvolve acções culturais diversas sem fins lucrativos, com o escopo de divulgar a língua internacional esperanto e o espiritismo, e com o objectivo geral de servir os ideais internacionais de paz, tolerância e justiça. Nenhum colaborador de LK recebe honorários porque esta revista e editora dá prejuízo ao seu proprietário.

2. Propriedade
La Karavelo pertence ao seu fundador, director e redactor João José Santos.
A publicação de um artigo, a aceitação de um novo colaborador, assim como qualquer outra resolução relativa a esta revista e editora dependem apenas das decisões do seu proprietário.
"La Karavelo" é uma marca registada em Portugal. Todos os direitos deste sítio na internet e das edições de La Karavelo pertencem ao seu proprietário.

3. Línguas da revista, temas, lugar de edição
Do n.º 1 ao n.º 27 (1.ª série de LK), esta revista foi editada na língua internacional esperanto. Na 2.ª série, que começa com o n.º 28, alguns artigos são traduzidos para português. Assim, a revista abre-se a um número muito mais vasto de colaboradores e de leitores. Embora na 2.ª série a sua temática principal seja o espiritismo, aparecem outros temas espiritualistas e até outros assuntos culturais, quando esses artigos têm de algum modo interesse para o espiritismo.
La Karavelo é totalmente produzida pelo seu redactor. Os colaboradores são esperantistas ou lusófonos que escrevem ou traduzem os artigos, e auxiliam o redactor no trabalho de revisão. Não representa qualquer tipo de discriminação linguística o facto de LK apresentar alguns artigos em português mas não noutras línguas. Pelo facto de se tratar de uma iniciativa de um português, é natural e lógico que a revista procure sinergias com o público do país onde é editada.
A revista usa o esperanto actualmente escrito e falado pelos esperantistas, olhando para o dicionário Plena Ilustrita Vortaro (PIV) como a sua principal obra de referência, que no entanto está longe de ser incontestável. LK usa a língua portuguesa escrita em Portugal, e anterior ao Acordo Ortográfico de 1990, independentemente da nacionalidade do autor do artigo. Esta disposição tem por objectivo a homogeneidade da revista.

4. Sobre a neutralidade do esperanto e da LK
O esperanto é totalmente neutro relativamente a política, religião, interesses nacionais, doutrinas e a outros assuntos. Contudo, por neutralidade não significa que o esperanto não deva ser usado nesses meios. Precisamente pelo facto do esperanto ser neutral, ele pode e deve ser usado por qualquer pessoa ou por qualquer agrupamento humano. É o que fazemos ao utilizar o esperanto para divulgar o espiritismo.

Acerca de La Karavelo
Como contactar o responsável de La Karavelo?
Ficha técnica da revista La Karavelo
Pequena história da revista
Características e regras de La Karavelo
O fundador de La Karavelo

5. Versões, periodicidade, como adquirir
LK aparece em versão pdf pelo menos quatro vezes por ano, em formato A-5, variando no número de páginas. Em pdf é toda a cores. A sua aquisição e leitura em pdf, por meios electrónicos, não carecem de pagamento. Para tal, basta baixar os ficheiros desta página. A impressão não é permitida. Em Dezembro, LK edita em livro, com algumas páginas a cores, a compilação de todas as revistas editadas nesse mesmo ano. Esta versão em papel pode ser adquirida enviando uma mensagem para lakaravelo@gmail.com. LK não é comercializada por assinatura.

6. Colaboradores
Os artigos devem chegar à redacção pelo email lakaravelo@gmail.com. Devem ser escritos em bom esperanto, estilistica e linguisticamente, usar o alfabeto desta língua, e tratar o tema cultural escolhido de modo pacífico e respeitador. La Karavelo aceita apenas os formatos: odt, doc, jpg, gif, png, mp3, avi, mp4. O autor poderá propor outro formato, que será aceite apenas em caso de verdadeira necessidade. A extensão dos artigos varia. Evitam-se artigos tão longos que o leitor não tenha paciência para os ler, mas também são evitáveis os artigos tão curtos que o leitor não lhes encontre profundidade. Pede-se pois bom senso e qualidade. O articolista deve enviar as imagens, fotos, gráficos ou tabelas que deseje para ilustrar os seus artigos. Não espere que o redactor o faça. Não existe data limite para entrega dos artigos à redacção de LK. A revista só pode trabalhar com os artigos existentes nas pastas do redactor. Quanto mais cedo vier o artigo, maior é a probabilidade de ele aparecer no próximo número. O redactor tem o direito de mudar, cortar ou alongar os artigos. A versão final será enviada ao autor que a aprovará para que seja publicada. O silêncio do autor na data limite será interpretado como aprovação. Se o autor não aprovar a publicação do artigo, ele não aparecerá em LK. Neste caso, esse autor não voltará a colaborar com a LK, para evitar que o redactor e os revisores trabalhem e percam horas num artigo que depois não vai aparecer na revista. Os colaboradores não recebem honorários porque LK não produz riqueza económica, mas tem despesas que são pagas pelo seu proprietário. Autores, revisores e outros colaboradores poderão ler a revista gratuitamente em ficheiro pdf não imprimível. Os colaboradores têm um desconto de 20% na aquisição de qualqur produto vendido por LK. também nestes casos, os custos de envio são suportados pelo comprador. Os colaboradores, ao enviarem um artigo para LK, ou colaborando de qualquer outro modo, mostram que leram e aceitaram completamente as regras deste documento "Características e regras de La Karavelo".

Como contactar o responsável de La Karavelo?

Contacte o redactor, enviando uma mensagem para:
lakaravelo@gmail.com.

Por favor, não envie correspondência por correio, não telefone, nem contacte por outro meio sem ter combinado anteriormente com o redactor pelo nosso endereço electrónico.

Nenhum outro colaborador pode agir como representante ou intermediário de L.K.

Ficha técnica da revista La Karavelo

O 1.º número da 2.ª série (n.º 28) da nossa revista, agora espírita, encontra-se em preparação.

Por favor, aguarde a publicação da nova ficha técnica de LK neste espaço.

Obrigado pela sua paciência.
Autor e editor
2017 - Dicionários Básicos de Esperanto
2016 - Ek al Esperanto!
2013 - Do desconserto ao concerto
2011 - Identidade e presença de Camilo Castelo
          Branco em "Do país da luz"
2011 - Aŭtodafeo
2011 - O esperanto é fixe!
2010 - La ĝenerala asembleo
2009 - Esperanto em 30 horas
2007-2012 - La Karavelo - 1.ª série

Editou de outros autores
2010 - Rakontoj por ĉiuj aĝoj - de Luiza Carol
2010 - Liberaj tempoj - de Eduardo Novembro
2010 - Zamenhof, cidadão do mundo
          de Djalma Pessata

Mais informações aqui.



® La Karavelo - marca registada de João José Santos em Portugal